Michael Anastassiades

“Eu sempre gosto de tentar entender como as coisas se relacionam com a pessoa”, diz ele. “É convidativo? É ameaçador? Todas essas preguntas. E a partir daí, como os diferentes elementos daquele produto se relacionam uns com os outros?”

O trabalho de Anastassiades permeia a sua existência na sua utilidade e virtuosidade funcional, e também na sua presença poética e enigmática. “No fim, o que conta mesmo é a sensação que você tem. O que o torna atraente, desejável, cativante, agradável aos olhos, vivo e presente. Para mim, isso é mais importante do que qualquer receita. O que busco é a genuinidade. E no fim, é isso o que o torna desejável”, complementa.

Natural da ilha de Chipre, Anastassiades formou-se engenheiro civil no Imperial College of Science Technology and Medicine de Londres, e depois direcionou os seus estudos para desenho industrial no Royal College of Art. Fundou o seu estúdio em 1994, e o lançamento da marca de mesmo nome se deu em 2007. Nos anos que se seguiram, ele desenvolveu um relacionamento intenso com os fornecedores e os artesãos que produzem os seus projetos. Essa fórmula funcionou tão bem que marcas como a FLOS, Puiforcat, Lobmeyr e a Svenskt Tenn, uma instituição do design sueco, vêm buscando oportunidades para trabalhar com ele.

Ao colaborar com a Herman Miller, Anastassiades encontrou um parceiro que não é apenas motivado pela produção de peças de qualidade duradoura, mas que também é capaz de aplicar o mesmo rigor a projetos que exigem uma execução impecável. “O que faz com que um objeto sobreviva ao tempo?,”  ele se pergunta. “Um objeto pode ficar mais bonito ao longo do tempo?” Essas são perguntas que o trabalho de Anastassiades continua a explorar.

Banquetas Spot

Michael Anastassiades