Joey Ruiter

O que havia em um Porsche vintage que fascinou Joey Ruiter quando jovem? Certamente, havia o glamour de sua forma atemporal. Também o atraia a implacável vontade de desmontá-lo e remontá-lo. E, então, havia a praticidade de vendê-lo no final do verão e usar o lucro para pagar a mensalidade da faculdade.

Desde então, Ruiter foi destinado a máquinas finas e design clássico. “Quando você desmonta algo, especialmente quando jovem, assume que pode montá-lo novamente, que é possível fazer qualquer coisa.”

A educação em design e as experiências de vida moderaram o entusiasmo da juventude. “Logo aprendi que os critérios, as limitações, são o que impulsionam o bom design”, diz. “Quando estou constrangido, sou mais criativo. Quero ver a qualidade com que posso fazer alguma coisa, apesar das limitações.”

Essa tem sido a definição de desafio para Ruiter como fundador e principal designer do JRuiter + Studio, em Grand Rapids, MI, EUA. Ao mesmo tempo, ele luta por simplicidade. “Eu pego os problemas complexos e crio a solução mais simples possível. Eu gosto que as pessoas se destaquem mais do que o mobiliário.” Isso fez com que Ruiter fosse a escolha perfeita para uma parceria conosco no desenvolvimento do mobiliário Intent, um precursor do Canvas Office Landscape.

As limitações foram significativas: Dar ao Intent uma estética unificadora do escritório privado ao aberto, fazê-lo com um vocabulário simples, e torná-lo acessível. As limitações impulsionaram a criatividade de Ruiter.

Baseando-se em sua experiência na fabricação e ferramentaria, Ruiter preenchia todos os critérios, enquanto preparava alguns recursos inovadores. Uma delas é a plataforma de armazenamento. Tem um único trilho para estantes, armários e cubos que podem ser localizados em qualquer lugar ao longo do trilho e movidos facilmente.

“A apreciação das pessoas por bons produtos certamente inclui mobiliário de escritório”, diz Ruiter. “Meu objetivo é sempre adicionar estímulos visuais e texturais que atraem o sentimento de conforto e beleza.”