Gianfranco Zaccai

Gianfranco Zaccai nasceu em Trieste, Itália, e cresceu nos EUA. Seus laços com os dois países sempre foram fortes, e depois de se formar pela Universidade de Syracuse, um de seus primeiros trabalhos como designer foi para uma empresa em Milão que fazia dispositivos para diagnóstico clínico.

“A fusão das duas culturas, americana e italiana, foi uma grande experiência de aprendizado para mim, pois as abordagens são tão diferentes, no entanto, sinérgicas”, lembra. “Naquela época nos EUA, o design era sobre a forma seguindo a função, enquanto na Itália, outras sensibilidades também entravam em jogo: a emoção, tradição e cultura.”
Zaccai fundou a empresa de design Continuum em 1983. Ele diz que abordam todos os projetos da mesma forma: “Como a criação de uma grande refeição, tem que ter os ingredientes certos, na quantidade certa, servidos na forma certa; uma mistura perfeita do funcional, emocional, ecológico e econômico.”
Desde o início, Zaccai e sua equipe aprenderam a importância de fazer suas próprias pesquisas. “Você realmente não consegue a compreensão profunda que precisa de um documento que alguém lhe entrega. Você tem que sair para o mundo real e ver por si mesmo o que acontece dentro do contexto de um ambiente real, conversar com as pessoas e observar como interagem com os objetos e ambientes, aprender sobre os seus sonhos e aspirações. Isso é o que conduz aos momentos ‘a-ha’.”

“Como a criação de uma grande refeição, tem que ter os ingredientes certos, na quantidade certa, servidos na forma certa; uma mistura perfeita do funcional, emocional, ecológico e econômico.”

– Gianfranco Zaccai

Uma abordagem prática ao pesquisar o problema foi a base dos dois designs que o Zaccai e a Continuum fizeram para a Herman Miller. Ao tratarem do design da Exclave, começaram com a criação de um espaço para o projeto, onde pudessem colocar, mover e substituir todos os componentes conforme necessário. Rapidamente descobriram que esta abordagem flexível era o maior trunfo para as pessoas que trabalham em conjunto na resolução de problemas e desenvolvimento de soluções inovadoras.“A nossa pesquisa mostrou que a colaboração é, antes de mais nada, espontânea, às vezes até um tanto caótica,” Zaccai diz. “A maioria dos eventos colaborativos são curtos, consistem em apenas duas ou três pessoas e acontecem em quase qualquer lugar. Infelizmente, a maioria das áreas do ambiente de trabalho não são projetadas para propiciar a colaboração. E mais importante, esses espaços não viabilizam um fluxo homogêneo de ideias de um lugar para outro.”
Para o sistema Compass, a equipe ficou sabendo em primeira mão das várias necessidades que precisavam ser supridas nos meios de saúde. Zaccai diz: “Tinha que ser não apenas confortável e tranquilizador para os pacientes e seus entes queridos, mas minimamente invasivo no espaço precioso necessário para a prestação do cuidado ideal. Também tinha que ser rapidamente adaptável para acomodar a tecnologia emergente, e de fácil manutenção, reduzindo a possibilidade de infecção.”
O trabalho de Zaccai e da Continuum não é limitado à Herman Miller; entre muitos outros produtos de consumo, eles também criaram o sistema de limpeza Swiffer para a Procter & Gamble e a famosa bomba Reebok.
Exclave

Gianfranco Zaccai