Precisa de ajuda com o seu projeto?

Fale com um de nossos especialistas em soluções corporativas

Abraçando uma nova realidade: o que nós aprendemos?

Insights sobre a crise do novo coronavírus

00 550x400

Adaptação do conteúdo original e imagens da Herman Miller

À medida que você explora a melhor maneira de ajudar seus colaboradores a retornar para um local de trabalho – seja em um escritório tradicional, em casa ou em algum lugar entre as duas modalidades – estamos aqui para ajudar.

Entendemos os desafios porque também estamos os experimentando: estamos aprendendo junto com você. Os insights que adquirimos durante esta crise formam esse conteúdo, juntamente com quase 70 anos de pesquisa sobre as pessoas e as formas e lugares em que elas trabalham.

Esperamos que o que você encontrará nessa série de cinco postagens lhe dê a confiança para moldar táticas inteligentes de retorno ao local de trabalho, juntamente com estratégias holísticas de longo prazo.

Também vamos abordar considerações de design de mobiliário que você pode querer explorar, assim como ideias para planejar espaços que manterão as pessoas a uma distância segura umas das outras sem impedir que elas permaneçam conectadas e colaborativas.

Não há dúvida de que o futuro do trabalho será dinâmico, e nosso foco deve permanecer nas pessoas. Se agirmos juntos, com resiliência e empatia, podemos garantir que todos tenham sucesso nessa nova jornada.

O que nós aprendemos até agora sobre a experiência de trabalhar em casa?
Bom para mim, desafiador para nós

A Leesman, uma das principais consultorias independentes sobre locais de trabalho, iniciou recentemente o que provavelmente será a maior pesquisa do mundo sobre a experiência dos funcionários que trabalham em casa.

Enquanto a pesquisa ainda está em andamento, a Leesman já consegue destacar dentre os primeiros dados analisados algumas observações intrigantes.

“As tarefas e funções que exigiam algum tipo de colaboração – criatividade, interações espontâneas e aprendizados – parecem ser as atividades que os entrevistados mais tiveram dificuldades nessas novas condições”, afirma Tim Oldman, CEO da Leesman.

“Por outro lado, as atividades mais individualizadas estão indo muito bem. Sem dúvida, essa constatação não é surpresa, mas saber exatamente para quais grupos de funcionários essas atividades são importantes pode ser difícil”, explica o executivo.

O sucesso desafia estereótipos

Consegue imaginar qual faixa etária está lidando com mais dificuldade com o home-office? Fique atento, pois você pode se surpreender com a resposta.

“Tenha cuidado com estereótipos históricos – como o de uma geração Millennial digitalmente nativa clamando por mais liberdade e trabalho em casa”, continua Oldman. “Essa faixa etária, pelo contrário, parece ser uma das mais afetadas pelas medidas que foram tomadas. Suspeitamos que a maioria das pessoas desse grupo vem enfrentando dificuldades para encontrar um espaço de trabalho mais reservado em casa. Além disso, com base em nosso banco de dados global, sabemos que os funcionários com menos de 35 anos dão mais importância para coisas como aprender com os outros e interação social informal. Dar vazão a essas atividades remotamente é claramente muito mais desafiador”, completa.

01 550x400

Embora a pesquisa da Leesman destaque as dificuldades dos funcionários mais jovens, provavelmente há muitos outros, independente da faixa etária, que estão enfrentando os mesmos problemas durante esse momento desafiador.

Você pode se perguntar: por quê? Porque é difícil trabalhar isoladamente se sua equipe é altamente colaborativa. Além disso, muitas pessoas que trabalham em casa agora se apoiam em laços pessoais estabelecidos anteriormente com outros colegas. Para pessoas que estão chegando na empresa, esses laços podem não existir.

Olhando além do home-office

Do ponto de vista empresarial, a grande maioria das marcas com quem falamos dizem que esse período de trabalho fora dos escritórios foi melhor do que o esperado. O desafio na mente de todos agora é: como retomar as atividades fisicamente? Como receber os colaboradores em segurança? É possível manter as pessoas saudáveis e manter a produtividade?

Estratégias seguras e eficientes de retorno ao local de trabalho são possíveis se nos concentrarmos tanto em táticas inteligentes de curto prazo quanto em soluções holísticas e de longo prazo.

Acompanhe a nossa série de postagens “Abraçando uma nova realidade”, que aborda as estratégias para o retorno ao local de trabalho pós-Covid-19, e conheça mais sobre essas táticas. No próximo post, vamos falar sobre as táticas de curto prazo. Fique ligado!