Precisa de ajuda com o seu projeto?

Fale com um de nossos especialistas em soluções corporativas

Cosm: conheça os bastidores dessa inovadora cadeira da Herman Miller

Cadeira está disponível na Novo Ambiente São Paulo e Rio de Janeiro

Foto 00 4 300x300Texto original – Design Milk

A Herman Miller obteve estrondoso sucesso ao lançar, em 1994, a cadeira Aeron desenvolvida em parceria com os designers Don Chadwick e Bill Stumpf. Quase 25 anos depois, outro lançamento marcante surgiu: a cadeira Cosm, assinada pelos berlinenses do escritório Studio 7.5. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, a cadeira está disponível na Novo Ambiente.

Carola Zwick, Roland Zwick e Burkhard Schmitz, designers à frente do projeto, levaram oito anos em pesquisas e testes para desenvolver um novo sistema ergonômico de inclinação. O trio já havia colaborado com a HM anteriormente nas duas versões da cadeira Mirra.Foto 01 4 300x240

Batizado de Auto-Harmonic, o mecanismo é o x-factor de uma cadeira de trabalho que se adapta automaticamente ao usuário, garantindo conforto mais do que necessário devido às horas consecutivas que passamos sentados.

“Nós não queríamos fazer só mais uma cadeira. Nossa ideia era desenvolver uma experiência, como a sensação de gravidade zero”, explica Carola Zwick. “O codinome do projeto foi justamente ‘Tapete Voador’, pois a ideia era criar algo suspenso, onde o usuário pudesse se concentrar e ‘esquecer’ a gravidade”.

Foto 02 4 300x225

A suspensão elastomérica Intercept, respirável e neutra à temperatura, oferece suporte contínuo para a coluna ao eliminar o vão entre o encosto e o assento. Fixada em uma exclusiva estrutura flexível, aumenta a liberdade de movimentos.

“Durante o processo, ficou claro que precisávamos desenvolver novos métodos de prototipagem para testar nossas hipóteses”, afirma Zwick. “Um desses métodos era encontrar uma maneira mais assertiva de prender a suspensão à estrutura da cadeira. Muitas coisas deram errado até finalmente encontramos uma solução com seringas e poliuretano. Foi preciso contar com oito pessoas para prendê-la totalmente, pois só tivemos 120 segundos antes do material secar. Toda essa experimentação acabou criando uma nova maneira em produção de anexar o material”.Foto 03 4 300x273

Os novos braços Leaf chamam atenção para o design curvado, com ar sci-fi, criando um local de descanso espaçoso e aconchegante para os cotovelos.

“O desenho dos braços Leaf é inusitado porque queríamos evitar contatos que não fossem entre cotovelo e a suspensão. A ideia essencial era criar um apoio confortável que não impedisse a aproximação à mesa de trabalho, além de ser forte o suficiente para auxiliar o usuário ao se levantar ou sentar”, conta Weick.

Foto 04 1 300x125A Cosm está disponível em seis cores e possui três opções de tamanho para o encosto, ampliando as possibilidades de combinação e uso. Além da versão com braços Leaf, há modelos sem braços ou com braços convencionais fixos/ajustáveis.

“Mesmo em escala industrial, ainda há técnicas artesanais envolvidas. Espero que possamos seguir os passos dos Eames em projetar algo que é cuidadoso em todos os detalhes. Foi uma longa jornada, mas a diferença entre a nossas ideias e a versão definitiva da Cosm é melhor do que qualquer projeto que fizemos antes”, finaliza Weick.Foto 05 1 300x100Já conhecia os bastidores da criação desse sucesso da Herman Miller? Conte para nós aqui nos comentários o que achou dessa história e aproveite para acompanhar os novos conteúdos do nosso blog!