Precisa de ajuda com o seu projeto?

Fale com um de nossos especialistas em soluções corporativas

Agradável aos olhos e ao corpo: conheça o sofá Marshmallow

Descubra a origem do design inovador desenvolvido por George Nelson e Irving Harper

Foto 00 1 300x225

Texto Adaptado – Herman Miller

Mais do que encantar pela estética e conceito, as criações do designer modernista norte-americano, George Nelson, são repletas de curiosidades sobre suas origens e inspirações.

Já contamos no Blog da Novo Ambiente como Nelson criou uma de suas séries mais icônicas, as luminárias Nelson Bubble – você pode conferir essa história aqui.

E hoje, iremos falar um pouco sobre como surgiu o sofá Marshmallow, clássico modernista desenvolvido por ele e Irving Harper. Confira:Foto 01 1 300x169

Uma origem inesperada

George Nelson e Irving Harper, ainda um jovem designer que trabalhava na empresa de design de Nelson, foram abordados por um inventor que havia criado um disco de plástico injetável, sobre o qual insistia que poderia ser produzido de forma barata e que seria durável.

Os designers deram uma olhada no material oferecido e dispuseram 18 deles sobre uma estrutura de aço, sem pretensão.

As almofadas do inventor acabaram sendo pouco práticas, mas Nelson e Harper ficaram intrigados com o desenho que tinham concebido tão casualmente, e a Herman Miller, por sua vez, decidiu fabricar o sofá.

Ao juntar elementos separados e dar a impressão que flutuavam no ar, Nelson e Harper conseguiram a aparência original desta peça e um atraente recurso, que abriu o caminho para o estilo pop art dos anos 60.

Foto 02 1 300x169Você olha para as almofadas “marshmallow” de 45 e 25 cm e não consegue deixar de sorrir. Seu design excêntrico mantém o número de 18 peças redondas confortáveis, que parecem flutuar sobre a estrutura de aço escovado tubular.

E tem sido assim desde que começou a chamar atenção em 1956. Na época, o sofá Nelson Marshmallow foi descrito no catálogo da Herman Miller da seguinte forma: “Apesar de sua aparência surpreendente, esta peça é muito confortável”.

Esse mobiliário pode causar um impacto divertido ou dramático em um hall de entrada, salão ou sala de estar. A estrutura de aço escovado tubular com pés pretos de acetinados proporciona uma base forte e durável, tornando o sofá adequado para áreas movimentadas.Foto 03 1 300x225

“Design não é ciência e nunca será.” – George Nelson

Incrível como uma tarefa sem pretensão proporcionou a criação de uma das peças mais icônicas do design modernista, não é mesmo? Já conhecia a história por trás do sofá Nelson Marshmallow? Compartilhe com a gente o que achou desse artigo e aproveite para conferir outras matérias como essa no nosso blog!