nika-zupanc

Nika Zupanc

A designer de produto e interiores Nika Zupanc se tornou um nome reconhecido mundialmente com o lançamento da luminária Lolita, seu primeiro objeto produzido pela Moooi. Zupanc trabalha como designer independente e está constantemente envolvida em projetos novos que nascem de interpretações distintas da cultura moderna, design contemporâneo e opções tecnológicas disponíveis. Seus produtos fazem parte da gama de empresas de design de renome como Moooi, Moroso e Nodus. Suas elogiadas edições limitadas e instalações são exibidas ao redor do mundo, às vezes como parte de colaborações de alto nível como aquela com Rossana Orlandi. Ao mesmo tempo, Zupanc produz continuamente objetos sob sua própria marca e está envolvida em diversos projetos de interiores. Além da lâmpada Lolita, Zupanc projetou uma extensa linha de peças assinadas prontas para uso, como a Mesa 5 O’Clock e a Cadeira 5 O’Clock (Moooi) ou a Cadeira Tailored (Moroso). Mas são suas instalações conceituais que a fizeram evoluir a uma voz global autêntica – I Will Buy Flowers Myself (2009) e Gone with the Wind (2010) apresentaram uma coleção de objetos dentro de estruturas de casas de boneca que se tornaram um marco na Semana de Design de Milão. A lâmpada Black Cherry, que agora é uma das peças icônicas de sua própria marca, também estreou na Semana de Design de Milão. As instalações que se seguiram, Selfdiscipline (2011) e Summertime (2012), marcam o início de coleções de edições limitadas em parceria com Rossana Orlandi, onde Zupanc examina com uma paixão obstinada a natureza do mobiliário. Em 2012, Ljublja na sua cidade natal teve o privilégio de ser a primeira a ter um trabalho seu de design de interiores e de direção de arte. A remodelação do As Aperitivo é uma introdução a sua nova empreitada no design de interiores. Desde que emergiu no cenário global do design, seu trabalho tem sido acompanhado de perto pela imprensa internacional, descrevendo seu trabalho como “elegância punk” (Elle USA) e “techno chic” (BusinessWeek) até “maior que a vida” (Clear magazine) e Zupanc como “a verdadeira estrela” (The Wall Street Journal). O trabalho de Nika Zupanc também foi destaque em uma série de revistas internacionais.