Bill Stumpf

Bill Stumpf afirmou: “Eu trabalho melhor quando sou pressionado. Quando eu estou no ponto em que meu orgulho é subjugado, onde sou inocente novamente. A Herman Miller sabe como me colocar nessa direção, principalmente porque a empresa ainda acredita, mesmo anos depois de D.J. De Pree me dizer que o bom design não significa apenas bons negócios, é uma obrigação moral. Isso é pressão”.

A associação de Stumpf com a Herman Miller começou em 1970 quando ele se juntou à equipe da Herman Miller Research Corporation. Depois de estabelecer sua própria firma em 1972, Stumpf criou a cadeira Ergon, a primeira cadeira de trabalho ergonômica. Posteriormente, em colaboração com Don Chadwick, ele produziu a revolucionária cadeira Equa e a icônica Aeron. Também foi o designer principal do sistema Ethospace.

“Eu me divirto e faço isso através do design”, declarou Stumpf em uma entrevista há alguns anos. “Eu amo o belo e amo a disponibilidade de coisas bonitas e úteis imediatamente ao meu redor.”

Mas ao olhar em volta, frequentemente notava designs que “negavam o espírito humano”, uma arquitetura que reconhecia os lucros e não as pessoas, escritórios que eram “hermeticamente vedados em um espaço artificial”. Ele lutou constantemente contra essa indignidade projetada, uma batalha que começou nos anos 60 na Universidade de Wisconsin.

“Tudo isso me remete àqueles anos iniciais na Universidade de Wisconsin”, afirmou recentemente, se referindo aos anos de pós-graduação estudando e lecionando no Centro de design ambiental da universidade. “Tudo tinha a ver com liberar o corpo e remover as restrições do projeto.”

Foi ali que Stumpf, juntamente com especialistas em ortopedia e medicina vascular, realizou pesquisas extensas sobre as formas como as pessoas sentam e as maneiras como deveriam sentar. Em 1974, Herman Miller encarregou-o de aplicar sua pesquisa a assentos de escritório. A cadeira Ergon foi apresentada dois anos depois.

Durante sua vida, Stumpf, uma figura-chave na transformação da Herman Miller em uma inovadora baseada em pesquisas e solução de problemas, recebeu diversos prêmios por esse trabalho. Ele foi declarado o vencedor do prêmio 2006 nacional de design em design de produto, um prêmio oferecido postumamente pelo Cooper-Hewitt de Smithsonian, o Museu nacional de design. Stumpf morreu em 2006.

Escritório/Estúdio
Stumpf, Weber + Associates
Minneapolis, Minnesota, EUA

Prêmios/Reconhecimento
Melhor da NeoCon Prata, Mesa ergonômica/Assentos de trabalho, pela Embody, 2009
Prêmio nacional de design Cooper-Hewitt, vencedor na categoria de design de produto, 2006
Revista Time, Design: Melhor da década pela cadeira Equa, 1990
Prêmio IBD Ouro pelos interiores Ethospace, 1985
Prêmio IBD Ouro pela cadeira Equa, 1984
Revista ID “Designer of the 70s,” 1979
Prêmio ASID pelos assentos Ergon, 1976